Skip to content

Meu Deus, me dê paciência. Mas me dê AGORA!

07/09/2010

Olá pessoal! Depois de exatos 17 dias sem novas postagens, recuperei a inspiração e voltei com todo o gás (nada a ver com Coca-Cola, tá?) para meu trabalho (ainda) não-remunerado. Depois da transformação que você pôde acompanhar há um mês, essa é minha “volta” definitiva ao universo da blogosfera. E o tema do primeiro post que marca essa “volta” é algo do qual estou necessitando. PACIÊNCIA!

Meu Deus, me dê paciência. Mas me dê AGORA!

A frase acima trata-se de uma piadinha que li em um livro infantil, certa vez. A ilustração que a acompanhava mostrava uma garotinha que rezava, pedindo a virtude que é tema desse artigo. E o humor da anedota está (obviamente, qualquer um é capaz de perceber) no fato de a garotinha não ter paciência nem para esperar que sua oração fosse atendida.

Quantas vezes na vida não nos vemos na pele dessa garotinha ? É claro que o fato narrado acima se trata de ficção, mas pode muito bem se encaixar em uma situação real. Em nossa vida corrida, em nossa rotina elétrica, queremos tudo pra agora, pra hoje… Ou melhor, pra ontem. Normalmente isso se deve a não termos tempo pra quase nada (ou melhor, não conseguimos organizar nosso tempo) e por isso as coisas precisam ser feitas imediatamente.

Eu sou o tipo de pessoa que não consegue ficar parada no mesmo lugar (pleonasmo) por muito tempo – a não ser que esteja fazendo uma prova na escola ou trabalhando no computador. E mesmo nessas ocasiões, não consigo parar com certos tiques – como ficar batendo o pé no chão, balançando a caneta, mordendo a lapiseira (que nojo)

E, na vida, algumas coisas não podem acontecer de uma hora pra outra, é preciso tempo. E como um exímio espécime da peculiar raça humanóide composta pelos denominados adolescentes, sei que é dificílimo aceitar isso. Queremos tudo pra já! Não queremos esperar, pois a vida é curta e não sabemos até quando estaremos vivos. Profundo, não? Pois tenho certeza de que, se você for um adolescente, sente isso. E se não é mais, já sentiu. E, amadurecendo, viu que não é bem assim: tudo tem seu tempo.

Calma, não estou dizendo que devemos ficar parados esperando a vida passar. Como disse o Geraldo Vandré, “Quem sabe faz a hora, não espera acontecer”. Mas, como disse Renato Russo, “Quem espera sempre alcança”. O que quero dizer é que não devemos seguir à risca, radicalmente, uma dessas duas citações: na verdade, devemos seguir ambas. Como?

Temos que aprender a identificar o que precisa ser mesmo feito imediatamente e o que requer paciência, espera (às vezes, uma espera angustiante). E essa aprendizagem significa “amadurecimento”. Saber disso é ser maduro, é ter maturidade.

Comentário (bem) pessoal

Bom, e como cheguei ao assunto “paciência”? Simples: isso está me faltando, e muito. Ou seja, não estou maduro o suficiente para esperar por certas coisas. Quero tudo para agora!

Me refiro principalmente à faculdade na qual estou interessado. Vou me formar no ensino médio com dezesseis anos e queria logo entrar para a faculdade, o mais rápido possível. Mas isso requer planejamento, principalmente porque a universidade fica em outro estado, onde eu não tenho nenhum conhecido, sequer visitei a cidade. Mais precisamente, quero cursar Teatro no Ceart – UDESC em Florianópolis. Ok, não é tão longe para alguém que mora no Rio Grande do Sul, e é bem mais perto do que minha opção anterior (queria cursar na UFRJ, no Rio). Mas, como já afirmei nesse mesmo parágrafo, é preciso um bom planejamento.

Quero publicar meus livros, ainda não terminei de passar o segundo volume da série Spectro do manuscrito para o Word, e ainda não cheguei nem na metade do terceiro livro, que queria terminar logo. Sem falar que meu trabalho no blog se intensificará nas próximas semanas.

Ou seja, preciso pensar um pouco mais. Preciso me centrar em um ponto, um objetivo, focar nele. Essa é minha dica para quem estiver lendo esse artigo e estiver sofrendo também com o problema da falta de paciência: focalize seu(s) objetivo(s) principal(is). Nossos sonhos se realizarão, mas não de uma hora para outra.

A paciência é uma virtude necessária. Vamos praticá-la.

Terça-Feira é dia de Sonhar! Volte na próxima semana para mais um post dessa categoria. Ou, se preferir, assine o feed (confira a sidebar) ou me siga no Twitter. Ah, e não esqueça de deixar seu comentário para aprimorar o texto desse artigo!

Leia também:
Um olhar para o futuro

Imagem: (de você sei) Quase Nada

About these ads
6 Comentários leave one →
  1. 07/09/2010 8:39 PM

    E como é complicado paraticar esta virtude!
    Parabéns pela postagem…
    Inspirada!

  2. Artur permalink
    07/09/2010 8:56 PM

    Paciência é uma virtude que hoje em dia é para poucos. Mas as vezes não é ser maduro o suficiente, as vezes é ser velho mesmo que a paciência some. Enfim, é apenas tudo questão de tempo =]

  3. 08/09/2010 2:41 PM

    @karla_hack, obrigado pelos parabéns. É, acho que eu estava mesmo inspirado…

    @Artur, pois é, vai entender. Mas tem uma questão aí: às vezes, ser velho não significa ser maduro. Maturidade não significa ter idade. Há pessoas que, quanto mais velhas, mais imaturas ficam.

    Pessoal, valeu pelos comentários. Voltem sempre!

  4. Alexandre permalink
    13/09/2010 2:14 AM

    infelizmente não tive paciencia de ler o post até o fim, pois achei isso besta demais …

    • 13/09/2010 12:59 PM

      Cada pessoa tem sua própria visão do mundo, meu amigo! E, da mesma forma, cada um tem sua própria opinião – mesmo que sua definição sobre isso seja simplesmente dizer “besta”. Não tenho a menor intenção de agradar a todos (como se pode ver visitando a página inicial), mas também respeito qualquer opinião a respeito do que escrevo. Tanto é que aprovei seu comentário – eu poderia simplesmente tê-lo excluído… ;)

Trackbacks

  1. Os Sonhos & As Árvores « Spectro – Um Sonho…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: